Postagens

Quatro meses de massacre em Gaza

Os ataques a Gaza, na Palestina, completaram quatro meses no último dia 7. Desde outubro de 2023, as forças de ocupação de Israel promovem ataques diários e as principais vítimas das explosões, tiros de snipers e escassez de comida e água potável são crianças e mulheres, que representam mais da metade dos mortos. Os bombardeios, ora feitos por drones, ora por tanques, miram desde instalações públicas, como hospitais, universidades e igrejas, até prédios residenciais. Tanto que 84% das instalações de saúde na Faixa de Gaza estão sitiadas, segundo a Agência das Nações Unidas para Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA). Já são quase 28 mil mortos, mais de 67 mil feridos e ainda outros cerca de oito mil desaparecidos. Estima-se que 60% da infraestrutura civil de Gaza foi destruída, deixando dois milhões de desabrigados. A população do norte de Gaza foi expulsa e repelida pelo exército de Israel à parte sul da Faixa. Um deslocamento forçado de mais de um milhão de pessoas que, ao c

Resiliência em Gaza

Equador de 2024: o retrato do momento

Psicologia das Massas e o gado bolsonarista

Por que a gasolina está tão cara!?

De onde vêm os foguetes de Gaza?

Insurreição popular contra Israel toma Jerusalém e se espalha por toda Palestina

Políticas israelenses abusivas constituem crimes de apartheid e perseguição

Mapa interativo permite conhecer geografia e história da Palestina

Bolsonaro e Dória, duas faces de uma mesma moeda

O QUE É ALIENAÇÃO? | #LéxicoMarx​ com Ricardo Antunes (Canal TV Boitempo)

Roda de Conversa: Mídias Digitais e redes sociais na política (vídeo)

Qual a diferença entre Socialismo e Comunismo?

Comunicação em tempos de pandemia: a verdade entre a vida e a morte (vídeo)

NABLUS - Histórias da Palestina (vídeo)

FENAJ: Presidente é o maior responsável por ataques à liberdade de imprensa no país

Baha Hilo: Sociólogo palestino diz que combater fascistas é dever de todo cidadão

Minidoc retrata realidade da cidade palestina de Hebron

G1: Professor paraibano promove financiamento coletivo para trazer sociólogo palestino ao Brasil