sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Operação Resgate não acontece e menores em situação de risco continuam nas ruas

Mais uma vez as ações da Curadoria da Infância e Juventude e os conselhos tutelares se mostraram ineficazes quando o assunto é retirar das ruas as crianças e adolescentes que vivem em situação de risco nas na Capital. Quinze dias depois do anúncio da Operação Resgate, são muitos os jovens nas ruas e sinais da cidade mendigando e até ameaçando os passantes.

Segundo Rosemberg Marcos dos Santos, do Conselho Tutelar Sul, a operação que retiraria os menores em situação de risco das ruas da Capital não chegou nem a acontecer. "O Ministério Público anunciou a operação, mas não teve tempo de operacionalizar. Nós fomos avisados muito em cima da hora e a ação acabou não acontecendo", contou.

O número de menores aumenta durante o período recesso escolar e muitas crianças vão para os semáforos fazer malabares e limpar pára-brisas. Outra imagem que pode ser facilmente vista pela cidade é a de mães aliciando seus filhos para pedir dinheiro. Assim, fica claro que as ações da Curadoria são apenas paliativas e não resolvem a questão.

Durante o ano, foram feitas várias ações como a que foi divulgada pelo Curador da Infância e Juventude, Aderbaldo Soares, no último dia 14, mas as crianças e adolescentes sempre voltaram às ruas. "Houve caso de nós irmos deixar um menino em Campina Grande, na casa dos pais, e quando voltamos para João Pessoa o menino já havia voltado antes de nós", denunciou o conselheiro.

"Eu acredito que uma medida que poderia ajudar muito era a criação de uma escola de tempo integral. Assim, os meninos estudariam pela manhã e desenvolveriam atividades culturais e de esportes à tarde", sugeriu Rosemberg dizendo ainda que, apesar de haver muitas crianças em situação de risco, uma escola só nestes moldes seria suficiente para ajudar todas elas.

Segurança - Por falta de instituições que abriguem os menores infratores, a polícia acaba, muitas vezes se omitindo. São comuns as denúncias de que o policiais alegam não poder agir contra os menores. E quando agem, levam os menores para a delegacia local e, de lá, acabam liberados. O Centro Educacional do Adolescente (CEA), além de desestruturado, tem mais internos do que sua lotação máxima comporta.

Matéria originalmente publicada no Portal Correio.

sábado, 22 de dezembro de 2007

Para os concurseiros de plantão

Para os concurseiros de plantão o blog Catálogo Net oferece um pacotão de apostilas, provas e exercícios para quem quer se preparar para o concurso da Polícia Rodoviária Federal.

Além disso, este blog também traz links para downloads interessantes. Vale a pena dar uma conferida.

www.catalogonet.blogspot.com

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Momento fofoca: veja o que é falta de sorte

Na noite de quinta-feira, a Maison Blunelle foi o lugar escolhido para a festa que a Secretaria de Comunicação da prefeitura de João Pessoa ofereceu aos jornalistas. Certamente, a idéia era proporcionar uma noite chique aos jornalistas pessoenses, mas nem o cerimonial, nem a organização da casa previram que uma figura, não convidada, apareceria bem na hora do jantar: uma barata, das cascudas.

O crocante inseto chegou voando e causou um tumulto perto da mesa do jantar e os gritos, dizem, chegaram a sobrepor o som da orquestra que tocava. Não sei se o mais grave foi uma barata aparecer voando no meio de um jantar chique, ou se foi isso acontecer justo numa confraternização de jornalistas.

As más línguas dizem ainda que a barata deve ter vindo junto com a comida, uma vez que as duas, barata e comida, apareceram na mesma hora. Eu não sei, acho que ela (a barata) era só mais uma que estava com fome. A janta só foi servida perto de 1h da manhã.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Efraim Morais só faltou menos que Collor, no Senado

"Efraim Morais (DEM) é o senador vice-campeão em faltas no país, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo sítio Congresso em Foco. Ele só perde em número de faltas para o senador Fernando Collor (PTB-AL).

O levantamento mostra também que só a votação que absolveu Renan conseguiu reunir todos os 81 senadores na Casa. Os dados divulgados pelo sítio têm base nas listas de presença publicadas pelo Diário do Senado, que é o órgão oficial da Casa."

O trecho acima foi retirado de matéria do Portal Correio e que mostra a qualidade e compromisso dos representantes da Paraíba em Brasília.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

E o menino Casso foi cassiado novamente, opa, parece que fiz um trocadilho...

O governador cassado e em ainda em exercício por força de uma liminar Cássio Cunha Lima conseguiu o inimaginável e deve entrar para o Guiness Book. Ele foi cassado novamente pelo TRE! É um menino treloso. Ô menino danado!

O mais surpreendente é que o governador, que prometeu entrar com recurso, ainda será processado mais uma vez pelo Tribunal Regional Eleitoral na Paraíba, que já o cassou duas vezes. O terceiro processo será sobre vários envelopes amarelos com dinheiro vivo que foram atirados da janela de um escritório em João Pessoa quando a Polícia Federal bateu na porta.

Os dois primeiro processos julgados pelo TRE foi o de um programa social que distribuía dinheiro na época pré-eleitoral, e que deve ser julgado pelo TSE no início do ano que vem, e, o de hoje, o uso do jornal A União de maneira eleitoreira.

Veja a repercussão na mídia nacional:

Portal Correio
TRE cassa pela segunda vez o diploma de Cássio

Uol
TRE cassa de novo o mandato do governador Cássio Cunha Lima

Terra
Governador da PB é cassado pela segunda vez

IG
TRE-PB cassa mandato do governador pela segunda vez

Picolé de Guaraná

Para quem me conhece, já sabe que eu sou fã do Guaraná Antártica. Para quem não conhece pode ficar a dúvida ou impressão de que se trata de um comercial pago aqui no Blog, mas não, não se trata disso.

É por pura admiração pelo guaraná que faço o anúncio do novo Picolé de Guaraná da Kibon, que aliás ainda nem experimentei. Mas aliás, apesar de não ser pago, bem que a Antártica podia me mandar umas garrafas ou latinhas, né?

A ilustração foi copiada da coluna de Turismo do jornal CORREIO da Paraíba.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Onda de violência só existe no Correio, diz Eitel

A onda de violência só existe no Sistema Correio, nas rádios Correio e CBN, disse nesta quinta-feira (6) o secretário da Segurança Pública do Estado, Eitel Santiago, ao participar do Programa CBN João Pessoa.

O secretário garantiu que a situação da segurança no Estado é tranqüila e melhor que a dos Estados vizinhos. Daí por que, segundo Eitel, o Sistema Correio deveria parar de falar em violência porque isso gera medo na população.

"Vocês têm mania de querer passar esta situação de insegurança com propósito político", declarou, lembrando que na Grande João Pessoa há mais de um milhão de habitantes, o que tornaria impossível conter a violência antes que ela aconteça.

O secretário aproveitou para ensinar ao apresentador do CBN João Pessoa, Pettrônio Torres, como deveriam ser lidas as notícias policiais na emissora. "Você devia dizer assim: existem ocorrências que já estão sendo combatidas pela Polícia no canto tal...".

No momento em que o secretário de Segurança recriminava o jornalismo do Sistema Correio, mais um assalto a banco e um seqüestro relâmpago de um gerente dos Correios aconteciam na Paraíba.

Como se não bastasse, as palavras do secretário incitaram ouvintes que ligaram para o programa e relataram casos de assaltos e seqüestros sofridos nos últimos dias.

Apesar das palavras de Eitel, grande parte das matérias ditas policiais veiculadas neste Portal e nas rádios do Sistema Correio tem como fonte a própria Polícia do Estado. As notícias são subsidiadas com dados da Secretaria de Segurança ou das unidades da Polícia Militar.

Matéria publicada originalmente no Portal Correio.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

O que danado é PIB ?

O deputado estadual Antônio Mineral criou uma grande dúvida no plenário da Assembléia Legislativa. Enquanto fazia um discurso emocionado em defesa do Governo Cunha Lima ele se referiu ao crescimento do PIB da Paraíba, e, de repente, revelou:

"Eu mesmo nunca tinha nem ouvido falar nesse tal de PIB , mas o governador Cássio já fez o bicho crescer".

Os ouvintes do jornal Correio da Manhã, na 98 FM, querem sugestão para essa sigla que surgiu no parlamento. O que será PIB ?

O texto foi escrito e postado originalmente por Marcelo José, no blog Marcelo José Informa (www.marcelojoseinforma.blogspot.com), e mostra o nível dos deputados que, supostamente, nos representam.