sexta-feira, 27 de junho de 2014

Após 12 anos, projeto Tartarugas Urbanas pode chegar ao fim

É uma pena ver que ações populares que não buscam lucro ou dividendos políticos sendo fechadas por falta de apoio dos órgãos oficiais.

Segue nota da responsável pelo projeto:

FIM DAS ATIVIDADES DO PROJETO TARTARUGAS URBANAS

Iniciamos está agradecendo imensamente a pessoa do Secretário de Meio Ambiente de João Pessoa, o Sr. Edilton Nóbrega, de quem partiu o único e efetivo apoio público para a Associação Guajiru.

Passamos anos em sede improvisada nas praias de Cabedelo e finalmente em janeiro do presente ano, foram instalados na Praia do Bessa, equipamentos de apoio, onde pudemos abrigar: todos os materiais usados na proteção de ninhos, na reabilitação de animais doentes e mais importante ainda, nas atividades de educação e conscientização da população.

Nesses 5 meses foram atendidas mais de 10 mil pessoas de todos os estados brasileiros; 9 escolas da Paraíba e Pernambuco, além da proteção de 100 ninhos de tartarugas marinhas dos quais nasceram 13 mil filhotes que puderam chegar ao mar graças à intervenção da ONG.

Infelizmente hoje a ONG teve que se retirar do espaço compartilhado com a SEMAM, na praia do Bessa em João Pessoa, pois desafortunadamente as licenças patrimoniais e ambientais não foram concedidas.

Doravante, caso permaneça essa situação de ausência de estrutura de apoio, a Associação Guajiru, se torna incapaz de prosseguir na proteção às tartarugas marinhas que desovam em nosso litoral e na reabilitação dos animais enfermos.

É com profundo pesar e sentimento de impotência que vimos a público, agradecer a todos que participaram do corpo de voluntários, aqueles que adquiriram nossos produtos (única e exclusiva fonte de renda da ONG) e nos ajudaram com isso na aquisição de medicamentos, equipamentos e no transporte dos voluntários.

Agradecemos também a aqueles que nos avisaram de todas as ocorrências na praia. Em especial ao Corpo de Bombeiros de João Pessoa e Cabedelo e à Polícia Ambiental.

Enfim nosso muito obrigada pelo carinho, respeito e admiração a cada cidadão que de alguma maneira contribuiu com nossas atividades, nos 12 anos de atuação da Guajiru, cujos resultados são: Mais de 150 mil pessoas atendidas, cerca de 11 mil palestras, 1200 ninhos protegidos, 140 mil filhotes nascidos e encaminhados ao mar, necropsia de 900 animais mortos, 19 monografias de graduação, 4 dissertações de mestrado e apoio a dois doutorados. Participação no Conselho da APA da Barra de Mamanguape, da APA de Tambabá, do Parque Marinho de Areia Vermelha, dos Conselhos de Meio Ambiente e Orla de Cabedelo, além de redes de proteção ao meio ambiente e a tartarugas marinhas nos âmbitos, regional, nacional e internacional. Destacando que todas essas atividades são desenvolvidas de forma voluntária por todos os membros da instituição.

Deixamos claro, que seguiremos ativos em outras frentes, participando dos conselhos e fóruns ambientais, bem como na cobrança cível e judicial, na tentativa de contribuir para a conservação dos recursos naturais de nosso estado.

Atenciosamente
Dra. Rita Mascarenhas
Coordenadora do Projeto Tartarugas Urbanas
Associação Guajiru