sexta-feira, 27 de março de 2009

O mundo gira muito rápido

Depois de uns dias fora do ar, preciso contextualizar os leitores deste humilde blog. Então vamos lá: nos últimos dias aconteceu de ter nascido meu filho Rafael (!!!); também aconteceu de o bispo ter voltado atrás e ter retirado do "castigo" o padre Luiz Couto; o meu filho nasceu;

No esporte, a Raposa infelizmente perdeu; na política local Cícero Lucena (leia mais em "confraria") pede cassação de Maranhão no TSE; na nacional Lula disse ao primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, nunca ter ouvido falar de banqueiro negro ou índio, portanto, a crise é culpa dos brancos (apesar de soar meio racista, eu concordo com o presidente); ah, meu filho nasceu;

o concurso da Polícia Civil já foi suspenso e validado tantas vezes que nem sei como está agora; e por fim, não sei se já falei, mas nasceu o menino Rafael, meu filho, aliás grande acontecimento dos últimos anos e com certeza dificilmente superável por outro evento nos próximos.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Cordel da excomunhão

A EXCOMUNHÃO DA VÍTIMA
Miguezim de Princesa


Um pouco de cordel na web. Este foi enviado pela minha mãe que viu o meu acompanhamento das útlimas ações dos bispos da Paraíba e também do de Olinda. Segue o texto abaixo.

I
Peço à musa do improviso
Que me dê inspiração,
Ciência e sabedoria,
Inteligência e razão,
Peço que Deus que me proteja
Para falar de uma igreja
Que comete aberração.

II
Pelas fogueiras que arderam
No tempo da Inquisição,
Pelas mulheres queimadas
Sem apelo ou compaixão,
Pensava que o Vaticano
Tinha mudado de plano,
Abolido a excomunhão.

III
Mas o bispo Dom José,
Um homem conservador,
Tratou com impiedade
A vítima de um estuprador,
Massacrada e abusada,
Sofrida e violentada,
Sem futuro e sem amor.

IV
Depois que houve o estupro,
A menina engravidou.
Ela só tem nove anos,
A Justiça autorizou
Que a criança abortasse
Antes que a vida brotasse
Um fruto do desamor.

V
O aborto, já previsto
Na nossa legislação,
Teve o apoio declarado
Do ministro Temporão,
Que é médico bom e zeloso,
E mostrou ser corajoso
Ao enfrentar a questão.

VI
Além de excomungar
O ministro Temporão,
Dom José excomungou
Da menina, sem razão,
A mãe, a vó e a tia
E se brincar puniria
Até a quarta geração.

VII
É esquisito que a igreja,
Que tanto prega o perdão,
Resolva excomungar médicos
Que cumpriram sua missão
E num beco sem saída
Livraram uma pobre vida
Do fel da desilusão.

VIII
Mas o mundo está virado
E cheio de desatinos:
Missa virou presepada,
Tem dança até do pepino,
Padre que usa bermuda,
Deixando mulher buchuda
E bolindo com os meninos.

IX
Milhões morrendo de Aids:
É grande a devastação,
Mas a igreja acha bom
Furunfar sem proteção
E o padre prega na missa
Que camisinha na lingüiça
É uma coisa do Cão.

X
E esta quem me contou
Foi Lima do Camarão:
Dom José excomungou
A equipe de plantão,
A família da menina
E o ministro Temporão,
Mas para o estuprador,
Que por certo perdoou,
O arcebispo reservou
A vaga de sacristão.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Hacker lê mente de editor e lança desejo em manchete de site paraibano

Na tarde da quarta-feira (11) um hacker invadiu o sistema mega protegido do WSCOM, um site de notícias aqui de João Pessoa, e lançou a seguinte manchete: "Maranhão cai e Cássio retorna ao poder". Bem, não era verdade, mesmo assim o site deixou a "notícia" por vários minutos, aliás, apenas a manchete, pois a notícia tratava sobre outro assunto.

Agora, eu acho que esse hacker conhece os mais íntimos desejos de alguns jornalistas dablioesseônicos. Confira a capa e a explicação. (clique nas imagens para ampliá-la)

terça-feira, 10 de março de 2009

Economia sim, mas sem calor...

A moda agora é ser austero. Ricardo Coutinho, logo que empossou seu novo secretariado já determinou: nada de gastos desnecessários. Ele próprio deixou cargos sem preencher para economizar com salários. Foi a "moralização dos gastos públicos". Pois bem, agora é a vez do novo governador. Em sua primeira reunião oficial com os novos secretários, Maranhão deixou dito que pretende escancarar as contas para o público e que vai exigir que os gastos diminuam.

Ele quer reduzir gastos com a água, energia elétrica, diminuir as viagens e o pagamento de diárias. Enfim, como Ricardo, ele quer enxugar os custos e para isso vai criar, segundo ele próprio, mecanismos otimizados para fiscalizar o uso dos recursos públicos.

Pensando nisso é que este post foi escrito. Vou ajudar o Estado já dando uma dica: ar-condicionado de automóveis consomem combustível. Combustível pago com dinheiro público e que, espero, entre neste bolo de contas e gastos que precisam ser cortados. Mas não ache que eu estou querendo que os secretários, adjuntos e outros ban-ban-bans andem de vidro aberto por aí. Não é isso.

Mas convenhamos que deixar mais que uma dezena de carros parados por mais de três horas funcionando e com os ar-condicionados ligados à espera da volta de seus passageiros é desperdício. Olha, não fui eu quem começou com esta história, mas se querem dizer que vão economizar, eu vou cobrar.

Texto disponível também no Blog da Redação do Paraíba 1

quinta-feira, 5 de março de 2009

Andando sobre as águas da Lagoa

A prefeitura enviou fotos do início da esperada e muitas vezes anunciada dragagem da Lagoa do Parque Solon de Lucena, na Capital. Mas o que mais chamou a atenção foi a presença de um funcionário especial nos trabalhos de limpeza. Repare nas segunda e terceira fotos, que mostram no detalhe Jesus coordenando a limpeza.