Rezem com parcimônia!

São João deu uma de São Pedro e jogou água nas fogueiras juninas. Em Campina Grande, com a atração brega (!) Zezé di Camargo & Luciano, eu nem precisaria da chuva para ir embora, mas em João Pessoa, em mais uma tentativa de revitalizar o Centro Histórico, a prefeitura trouxe grandes atrações: Jorge de Altinho na véspera de São João, Antônio Barros e Cecéu na noite do santo e no domingo, encerrando a programação, Alceu Valença.

Apesar das boas atrações, o local ainda é cercado por preconceitos e dificuldades para quem quer chegar lá e por conta disso, tem seu público limitado. O que se vê é um pessoal querendo apoiar e incentivar as manifestações culturais com boa vontade, mas ainda são poucos.

Aí, como se já não tivesse empecilhos suficiente, São João resolveu descer algum lago que havia lá por cima. Ou isso, ou então o enciumado São Pedro quis mostrar quem é que manda na parada.

Resultado: A chuva forte, que promoveu um show de goteiras em cima do palco, e um corre-corre generalizado na praça do Centro Histórico, diminuiu ainda mais os parcos espectadores que acompanhavam o show. Claro que houve quem continuasse a dançar e a levantar “lama”, uma vez que as músicas do casal são ótimas e relembram as verdadeiras e tradicionais festas juninas.

P.S. Eu acredito que existe um ‘lag’ na relação orações/dádivas. De antemão, Lag é um atraso na transmissão de informações, como no caso da Globo, quando Boner fala e Fátima, da Alemanha, demora a responder...

Bem, eu acho que no caso das orações, muitos agricultores pedem chuvas de uma vez só e congestionam o tráfego de informações e acaba gerando o Lag na comunicação com o Céu. Então, quando chegam os pedidos lá, os santos começam a enviar água e não param.

É mais ou menos como quando você aperta várias vezes no mesmo botão do computador que está se responder e, de repente, ele executa todos os comandos de uma vez.

Portanto, rezem com parcimônia!

Comentários

André Gondim disse…
Mas foram atrações mais auténticas do que Zezé de Camargo...

Lag, tu usou IRC, né? hahahaha

Abração Maurício!!!
Anônimo disse…
Taty
Só faltou um abraço bem quentinho pra fugir do frio né?
Te amo!
Anônimo disse…
Eitaaaaaa...confesso q realmente n deu a menor vontade de sair debaixo dos cobertores esse São João. Pena que a chuva tenha atrapalhado a apresentação das atrações aí em Jampa...Realmente coisa engraçada a Capital fazendo cerimônia pras coisas do interior...Quem vai entender as pessoas que fazem as programações de Campina Grande? A cultura local deveria ser evidenciada e mostrada com orgulho aos visitantes...É realmente lamentável!
Anônimo disse…
"Eu pedi pra chover, mas chover de mansinho".
Jady disse…
Menino... Quantas vezes eu já vi reportagens no JPB, falando dos agricultores que haviam plantado esperando chuva e dizendo que se não chovesse até dia x, a plantação ia pro buraco. E quantas vezes eu vi chover no dia x + 1...

Realmente o lag existe!!!

xêro

PS: rapazzzzzzz... sobre as impressões digitais... tu imaginava diferente?
Anônimo disse…
Sim... ele só pode ter usado irc... fazia tempo que não ouvia falar de lag...
Ainda bem que eu não sai de casa no bendito dia do dilúvio... todo mundo falou dele... só uma pergunta: choveu em Campina também?? Se não, já podemos desconfiar de ciumeira política (pense na paranóia! Já imaginaram o Vevé lá pedindo pra chover somente na Capitá?)
Beijos Mau
Taty Valéria disse…
Renatinha, choveu em Campina, e muito!!!!!!!