O preço da liberdade

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) ameaçou dar "uma surra" no presidente Lula e gerou polêmica no Congresso. Apesar disso, recebeu apoio da senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) e do deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA).

Primeiro gostaria de dizer que a senadora Heloísa já esteve melhor acompanhada em sua história política e depois comemorar o momento político que vivemos. Comemorar?!?? É, meu bom leitor, comemorar.

Quando, em toda a história política do Brasil, um senador teria a petulância de ameaçar um presidente da república? Isso em cadeia nacional, de forma aberta. E mais! Com outros dois parlamentares endossando.

Estamos vivendo um momento político que permite que juizes sejam presos, que o presidente do partido do presidente eleito seja julgado e esteja às vias de fechar. Um momento que só existe pela liberdade dada às várias instancias da justiça, incluindo as polícias. A polícia Federal investiga a Federação e seus maiores representantes.

É claro que toda essa liberdade tem um preço. Para mim, a pior parte é ser obrigado a ouvir asneiras e idiotices todos os dias. Tem muita gente falando demais e desnecessariamente. Esse é o preço, alto aliás, mas eu ainda prefiro isso à censura, à ditadura, à repressão. Então, vamos deixar coroneizinhos falarem suas bobagens, vamos deixar os ignorantes que não sabem viver em liberdade se manifestarem.

"Quem tem boca fala o que quer...", ditado popular
"Em boca fechada não entra mosca", idem

Comentários

Tem muita gente sem moral nesse pra combater corrupção. ACM Neto, por exemplo, neto de quem é, está no topo da lista. Abraço!