Polícia x Exército; na Paraíba nada muda

A vida é mesmo cíclica, leiam o trecho abaixo e vejam se reconhecem a história.

Policiais militares da Paraíba dormiram acampados na praça em frente ao Palácio da Redenção, sede do governo estadual, em João Pessoa. Cerca de 800 PMs participaram de uma manifestação reivindicando melhores salários.

O coronel Maquir Alves Cordeiro, presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar, disse que a categoria espera que o governo do Estado cumpra a decisão judicial que determina o pagamento do salário mínimo, que é de R$ 120, como soldo.

O Exército realiza a segurança do Palácio da Redenção, que está cercado por cerca de 300 soldados e quatro tanques de guerra.

Se você acha que eu estou falando do episódio da PEC 300 da Paraíba, se enganou. Clique aqui e leia a notícia na íntegra de 1997. E leia mais aqui ou procure mais para ler aqui.

Comentários

Taty Valéria disse…
O caso é quase idêntico, não fossem os motivos da paralisação. A PEC 300 é uma lei que foi assinada num sábado véspera de eleição, sem dotação orçamentária. E ao contrário de 1997, o governo quer negociar.